Comentários


 

Pergunta

Eu sou um curioso da área das neurociências e tenho uma dúvida. Gostaria de saber se as áreas cerebrais do neocortex identificadas com determinadas funções são ou não específicas para essas funções e se são só essas áreas as implicadas nas tais funções, como por exemplo, a fala, a visão, etc. Além disso, há alguma área específica para a memória? E as áreas sub-corticais, também podem ser classificadas com estas funções específicas ou tem outro género de funções?

Resposta

É importante ter presente que o tecido nervoso não é estanque. As áreas cerebrais não têm limites bem definidos e a intercomunicação entre as diferentes áreas cerebrais é bastante complexa e na maior parte dos casos não é bem conhecida. A este nível a investigação em Neurociências ainda deixa muitas perguntas por responder. O que sabemos é seguramente muito menos do que o que nos falta conhecer.

Existem áreas cerebrais identificadas com determinadas funções principais. Tomando os exemplos apresentados, é bem certo que no córtex temporal a área da fala e no córtex occipital a área da visão estão associados a zonas cerebrais relativamente bem identificadas. No entanto, atendendo ao que referi no início desta resposta as funções destas áreas não se prendem exclusivamente com estas funções. Além das áreas primárias existem áreas associativas onde a informação nervosa é integrada com informação proveniente de outras áreas cerebrais (onde é possível integrar por exemplo informação sensorial das áreas visuais, olfactivas, auditivas etc.)
A formação da memória e a recordação de memórias armazenadas são processos complexos que não estão ainda bem esclarecidos mas fascinantes do ponto de vista da investigação. Nestes processos estão envolvidas estruturas cerebrais do córtex. O hipocampo, e o córtex entorrinal desempenham um papel muito importante, servindo como estruturas de processamento e armazenamento das memórias.

Algumas áreas sub-corticais são fundamentais no equilíbrio homeostático do organismo, sendo responsáveis por processos autónomos como a regulação do equilíbrio hormonal, regulação do ritmo cardíaco e respiratório, pressão arterial, ingestão de alimentos e equilíbrio hídrico, postura do organismo, equilíbrio, coordenação de movimentos, etc...