Comentários


 

Pergunta

Ando no 10º ano, aprendi a constante de Hubble, mas esta constante só deveria ser aceite para galáxias que se afastam de nós. Como posso então medir a distância de uma estrela se esta se está a aproximar, e não a afastar-se?

Resposta

A constante de Hubble é apenas uma constante de proporcionalidade que surge quando queremos medir com que velocidade as galáxias se afastam de nós. E não é utilizada para medir a distância a estrelas, mas sim a galáxias. Para medir distâncias a uma estrela podemos utilizar diferentes métodos. Se for possível identificar o tipo de estrela, podemos, a partir do estudo do seu brilho, determinar a sua distância. Mas penso que a dúvida é, e se as galáxias se estivessem a aproximar, poderíamos utilizar o mesmo método que utilizamos para medir distâncias de objectos que se estão a afastar? Bem, para medir a distância a galáxias temos que recorrer ao seu espectro. O estudo das linhas espectrais das galáxias pode-nos dizer se a galáxia está a afastar-se ou a aproximar-se de nós. O que vamos obter é o valor do desvio das linhas espectrais. E a partir deste valor poderemos ter uma noção de distância. Para o cálculo dessa distância teremos que introduzir a constante de Hubble. O mesmo cálculo é feito se a galáxia estiver a aproximar-se ou a afastar-se de nós. De uma maneira geral as galáxias estão todas a afastar-se de nós com uma velocidade cada vez maior. Essa foi uma descoberta feita em 1998 e que está a provocar uma revolução na Cosmologia.